Veículo, que lidera o segmento na Europa e nos Estados Unidos, tem quatro versões

Crédito: Foto Ford, Divulgação

A Ford anunciou para 2021 o início da produção da Transit no Uruguai, em parceria com a Nordex, empresa do Grupo Antelo. A confirmação ocorreu em audiência entre os presidentes da montadora na América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais, Lyle Watters, e do Uruguai, Luis Lacalle Pou. A empresa que retoma, após mais de 35 anos, atividades industriais no país vizinho, destaca que o objetivo é transformar suas operações em um negócio sustentável na América do Sul.

As duas marcas investirão, conjuntamente, US$ 50 milhões na operação, gerando 200 empregos diretos e indiretos adicionais. “A iniciativa destaca a relevância do Mercosul e valorizará ainda mais o setor automotivo na região sul-americana. Ela alavancará os pontos fortes e as capacidades de cada mercado para oferecer maior eficiência, integração regional e fluxos comerciais mais fortes”, argumentou Watters.

A Nordex tem mais de 50 anos de experiência no setor automotivo uruguaio, produzindo caminhões pesados e automóveis. Com a Transit, as empresas buscam ganhar posições em um segmento em crescimento na região, especialmente no Brasil.

Mundialmente já foram produzidas mais de 10 milhões do modelo, que tem ampla variedade de configurações e tecnologias avançadas de assistência ao motorista e conectividade. Nos últimos cinco anos, tem sido o veículo comercial mais vendido na Europa. Chegou ao mercado dos Estados Unidos em 2014, onde também é líder do segmento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here