Segundo o que foi explanado na última coletiva da Scania, a expectativa da montadora para 2020 é de crescimento nas vendas em todos os seus mercados de atuação.

Atualmente a montadora está presente nos segmentos de caminhões, ônibus, serviços e motores industriais, marítimos e para geração de energia.

A maior novidade para o mercado de 2019, a Nova Geração de caminhões com 12% a mais de economia em comparação à anterior, registrou mais de 12.000 encomendas.

“Para 2020, ainda existem algumas incertezas sobre os rumos das economias global e nacional, por isto estamos com um otimismo moderado neste momento. Mas, a fase da Scania no Brasil é ótima e nossas projeções são de crescimento em todos os segmentos”, afirmou Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil.

A organização também tem para 2020 dois importantes passos com a tecnologia de motores a gás e/ou biometano com as entregas dos caminhões a partir de abril e o início das vendas dos ônibus, no segundo semestre.

Além disso, a Scania acredita que em 2020 o mercado de caminhões em que atua, acima de 16 t (semipesados e pesados), deverá crescer entre 10% e 15% na comparação com 2019.

Nos ônibus, a visão é de acréscimo no segmento rodoviário, com crescimento de aproximadamente 5%.

“Algumas incertezas com o movimento de desregulamentação de linhas e a crescente atuação dos aplicativos levará o mercado a uma adaptação ao longo do ano. Nos urbanos, deveremos fazer um volume próximo de 2019”, conta Fábio D´Angelo, novo gerente de Vendas de Ônibus da Scania no Brasil.

Em Serviços, o novo diretor Marcelo Montanha, acredita numa alta de 33% no portfólio de programas de manutenção (carteira de planos ativos).

Já na área de motores industriais, marítimos e para geração de energia a projeção é de seguir o crescimento da economia em 2020. O portfólio tem opções movidas a diesel, biogás e biometano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here