Com lançamento da Daily Minibus e Vetrato, montadora quer entrar em novos nichos e não descarta mais produtos até o ano que vem

Quando o assunto é vans, os produtos Iveco da família Daily são os mais admirados. Nem tanto pelo luxo, mas fundamentalmente pela robustez. Montados sobre chassis, esses veículos conquistam a preferência de frotistas que buscam maior durabilidade em operações mais duras. Enquanto a concorrência, embora mais leve, foca nem veículos monoblocos, a engenharia da montadora italiana se mantém fiel à carroçaria sobre chassi.

No final de julho, em mais um movimento decisivo para se posicionar competitivamente no segmento de transporte de passageiros no País, a Iveco, apresentou a nova linha “Minibus Daily” (basicamente para atender demandas de fretamento e turismo) e a “Daily Vetrato” (que vem sem banco algum, permitindo, assim, que o cliente faça a configuração mais apropriada às suas necessidades).

Mesmo considerando as diversas possibilidades de cada veículo (são muitos os opcionais), como referência é bom logo dizer: o Minibus da marca sai por volta de 229 mil reias e a Vetrato (ao gosto do cliente), será vendida na faixa de 197 mil reais. Pode ser mais, pode ser menos, vai depender dos opcionais, impostos de cada estado e, naturalmente, de negociações de cada um.

A Iveco tem sua divisão própria para cuidar dos negócios com ônibus. E a empresa, mesmo com o mercado encolhido primeiro pela crise econômica e, agora, em função da pandemia, há otimismo. Wellington Monte, gerente nacional de vendas de ônibus da marca, prevê que, ainda neste ano, esse mercado cresça no País entre 8% e 10%. “É possível crescer até mais uma vez a frota está envelhecida e há demanda reprimida”.

A Iveco já vai muito bem, e lidera com certa folga, os ônibus escolares ganhando várias licitações do governo. Mas agora quer ir além e conquistar mercados novos sem descartar, também, ônibus urbanos e, no futuro, os rodoviários. Buscando atender nichos de mercado, a montadora também lançou a Daily Minibus com acessibilidade por meio de DPM (Dispositivo de Poltrona Móvel). Primeira van de passageiros inclusiva do mercado, o modelo foi projetado para oferecer ao passageiro com mobilidade reduzida as mesmas condições que os outros ocupantes desfrutam a bordo do veículo. O dispositivo de poltrona móvel, desenvolvido especialmente para a linha Daily, posiciona a poltrona do lado de fora do veículo, o que permite ao passageiro embarcar e desembarcar sentado no seu assento.

Características

O Daily Minibus está disponível nas versões Fretamento e Turismo, e podem levar 15+1 passageiros (45-170), com rodado simples traseiro, e 18+1 passageiros ou 20+1 passageiros (50-170), com rodado duplo traseiro.

O design é o mesmo de toda Família Daily com grade frontal (preta ou cromada), carroceria redesenhada, novo conjunto óptico com novo farol, novas luzes de posição e farol de neblina. O visual também foi projetado com foco na operação do cliente, o novo para-choque dianteiro é agora tripartido, o que reduz os custos de reparo em caso de colisões leves. Destaque ainda para o novo ângulo de inclinação do para-brisa para melhorar a visibilidade, direção com coluna ajustável para proporcionar mais conforto e segurança, diminuição do tamanho do volante para gerar a sensação de que o motorista está dirigindo um automóvel, melhor isolamento acústico e porta-objetos na cabine pensados no motorista que vive seu dia-a-dia dentro do minibus.

Motor

Como de costume, a motorização é FPT. Trata-se F1C da FPT 3.0 de 16V com quatro cilindros em linha, turbo de duplo estágio, injeção eletrônica do tipo Common Rail que entrega 170 cv de potência máxima a 3.500 rpm e torque máximo de 400 Nm de 1.250 rpm e 2.900 rpm. A motorização conta com a tecnologia EGR, que reduz a emissão de NOx (Óxidos de Nitrogênio) por meio da recirculação de gases de escape e que dispensa o uso do agente Arla 32 no catalisador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here