Nesta edição da Fenatran 2022, a Cummins Brasil demonstra sua capacidade única de liderar a transição energética necessária para descarbonizar a indústria, fornecendo aos clientes a tecnologia certa no momento certo, com profundo conhecimento de suas necessidades e aplicações. Como parte de sua estratégia global Destino ao Zero, a recente aquisição da Meritor permitirá que a Cummins acelere o desenvolvimento de soluções econômicas de powertrain descarbonizado.

Pela primeira vez no Brasil, a empresa apresentou seus produtos com tecnologia Euro VI, diesel e gás natural, sendo eles: o motor diesel B6.7 com sistema de pós-tratamento monomódulo e o motor L9 a gás com sistema TWC. Além disso, foi apresentado um modelo do motor X15H, um motor a hidrogênio pertencente à plataforma Agnostic.

Os produtos Cummins Meritor também foram expostos, como o eixo MT-160 EVO+Auto DCDL, diferencial 18X HD e os eixos elétricos 14Xe e 17Xe, permitindo que a Cummins acelere o crescimento das soluções de eletrificação, sendo a melhor opção de powetrain no mercado.

Confira abaixo as soluções Destino ao Zero da Cummins na Fenatran 2022:

B6.7 Single Module Euro VI – Motorização B6.7 com pós-tratamento Single Module é parte integrante de uma plataforma completa de motores eletrônicos Euro VI (3.8, 4.5, 6.7, 9, 12 e 15 litros) e os sistemas para redução de emissões de escape Single e U Module, este desenvolvido para caminhões de alta potência (acima de 8.9 litros). Projetadas pela Cummins Emission Solutions (CES), as tecnologias de exaustão estão 60% menor e 40% mais leve quando comparadas aos sistemas que atendem ao mesmo nível de emissões. Com as grandes transformações tecnológicas da Cummins para o atendimento às normas do Conama P8 houve uma redução de cerca de 77% de NOx e de aproximadamente 66% de material particulado (do Euro V para Euro VI).

L9 com TWC – Os motores a gás da Cummins proporcionam redução de cerca de 80% na emissão de partículas, 90% de óxidos de nitrogênio (NOx) e 70% de emissão dos gases de efeito estufa comparado aos modelos a Diesel Euro V, ele apresenta sistema de pós-tratamento denominado Three Way Catalyst (TWC). Projetado pela CES, o dispositivo está disponível em duas configurações – horizontal e vertical – para melhor adequação aos projetos dos clientes.

Cummins Meritor 14Xe e 17Xe – O conceito do eixo elétrico 17Xe foi projetado para todas as configurações dos caminhões pesados e traz capacidade para suportar 44 toneladas de peso bruto combinado na versão solo, de acordo com a aplicação. O novo 17Xe oferece um design inovador que, além de facilitar o processo de integração com o veículo, é capaz de proporcionar alta densidade de energia, de até 430 kW de potência contínua.

X15H – O motor oferece potencial para levar energia de hidrogênio de carbono zero para caminhões de longa distância de até 44t, com potência máxima de 530 hp (395 kW) e um impressionante pico de torque de 2.600 Nm. Estima-se que um caminhão pesado, com um sistema de armazenamento de combustível de hidrogênio de alta capacidade e alimentado pelo X15H, ofereça um alcance operacional potencial de mais de 1 mil km.

“Investimos em uma ampla gama de tecnologias para alimentar a descarbonização da indústria. Essa não é apenas a abordagem certa para nossos negócios, mas é fundamental para nosso planeta e para as gerações futuras que enfrentam desafios à medida que reconhecemos as realidades das mudanças climáticas.”, afirma o nosso presidente Cummins Brasil, Adriano Rishi.

Durante esses dias a Cummins mostrou porque é líder na transição para a descarbonização do setor e que está preparada para oferecer tecnologia e inovação para um mundo que não para, entregando asolução certa no momento certo para seus clientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here