Eaton faz 60 anos de Brasil

 

Por Rinaldo Machado

rinaldo@transpodata.com.br

Atualmente uma gigante no mundo, com faturamento de 19,7 bilhões e presença em 175 países, a Eaton abriu sua primeira unidade fora de sua terra natal, Estados Unidos, aqui no Brasil, em 1957, para dar suporte ao que foi conhecido como o grande milagre econômico do País.

ANTONIO GALVÃO - PRESIDENTE DA EATON AMÉRICA LATINA

Desde então, a indústria automotiva nacional só cresceu (embora com alguns tropeços e grandes tombos, como a atual recessão), e, no bojo dessa expansão, a filial brasileira da Eaton se tornou uma das mais importantes da marca no mundo.

São José dos Campos (SP) foi a primeira cidade que a Eaton escolheu para abrigar sua planta fora dos EUA. Atualmente, há no Brasil quatro unidades produtivas da divisão automotiva, e por aqui também funciona o Centro Mundial de Desenvolvimento de Transmissões para Veículos Comerciais.

A empresa é uma das maiores produtoras de transmissões, embreagens e válvulas da América do Sul, possui a terceira maior forjaria do País e quatro plantas no Brasil: São José dos Campos (SP), Valinhos (SP), Mogi Mirim (SP) e Caixas do Sul (RS).

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

As unidades da Eaton no Brasil, além de abastecerem as montadoras aqui instaladas, também fornecem componentes para as demais linhas de produção das fabricantes em outros países da América do Sul, como as montadoras instaladas na Argentina, por exemplo. Das linhas nacionais também saem produtos para serem exportados para EUA, Europa e Ásia.

Segundo Antônio Galvão, presidente da Eaton Brasil, a empresa investiu perto de 500 milhões de reais nos últimos cinco anos para implementar melhorias nas fábricas e no desenvolvimento de novos produtos. “Passamos agora pela pior crise do setor, mas vislumbramos um crescimento no segmento de caminhões perto de 13% para o ano que vem” , afirma Galvão.

EATON DE MOGI MIRIM

Neste ano em que completa 60 anos, a planta de Mogi-Mirim, responsável pela produção de componentes mecânicos de transmissão, como engrenagens, eixos e sincronizados para o setor automotivo, recebeu o reconhecimento de “Planta Modelo da Eaton no Mundo e é a primeira no Brasil a conquistar esse selo, passando a fazer parte de um seleto grupo de cinco plantas em todo o mundo. A planta conta com uma área de 200 mil metros quadrados, fornece produtos para montadoras de automóveis, caminhões e ônibus e é considerada uma das fábricas mais modernas da Eaton no mundo.

 
LEIA TAMBÉM