Mercado

 

Leves

O caminhão leve mais vendido até agora tem sido o VW 8.160. Em semileves, o destaque é com a Mercedes-Benz Sprinter modelo 415.


Começo da reação

Em maio, a Fenabrave divulgou que foram emplacadas 285.766 veículos contra 230.837 do mês anterior. No acumulado do ano, houve queda de 7,59%: de janeiro a maio foram emplacadas 1.228.275 unidades ante 1.329.100 de 2016.

omeço da reação

O total de implementos rodoviários emplacados no mercado doméstico no primeiro quadrimestre de 2017 foi de 15.409 unidades. Esse volume está 26,69% abaixo do que foi apurado pelo setor nos primeiros quatro meses de 2016. O resultado abaixo do exercício anterior tem sido constante desde 2012.

 

Usados em alta

Em 2016, foram comercializados 332.144 caminhões usados, uma média de 6,8 unidades a cada zero quilômetro.

Toro

A Fiat segue firme com sua Toro em primeiro lugar nas vendas (4.401 só em maio), seguida da Toyota Hilux e da GM S10.

R440 firme e forte na frente

O Scania R 440 segue “nadando de braçada” em sua categoria fechando maio e o acumulado do ano como o mais vendido do seu segmento.

Pequena recuperação 1

Sem fazer muito alarde, neste primeiro quadrimestre alguns segmentos no mercado de Reboques e Semirreboques já começam a apresentar variação positiva, como é o caso do Baú Carga Geral, Transporte de Toras, Baú Frigorífico e Baú Lonado.

As líderes

No ranking de vendas por marca, Mercedes-Benz segue líder no acumulado de 2017 com 5.340 veículos (30,90% do total vendido), e em segundo vem a VW Caminhões com 4.070 unidades e Ford em terceiro, com 2.759 modelos vendidos.

Ônibus

No ranking de marcas, novamente aparecem Mercedes-Benz em primeiro e VW em segundo. Já o terceiro lugar ficou com a Iveco, que em um curto prazo tem se destacado e ficado à frente de concorrentes tradicionais.

Picapes

Entre os comerciais leves, a Fiat Strada ficou em primeiro lugar nas vendas (4.612 unidades em maio), seguidas da VW Saveiro e da GM Montana.

 
LEIA TAMBÉM