Vida inteligente nas estradas

 

Está lá longe, bem no passado, a época em que caminhoneiro se valia dos velhos rádios amadores para se comunicar entre si. Diferente do que muita gente imagina, o estradeiro de hoje em dia é uma classe muito antenada e conectada com as principais redes sociais. A grande greve da categoria, que paralisou o País no primeiro trimestre foi a prova cabal desta mudança de perfil. Por todo o Brasil, a categoria se mobilizou valendo-se do Facebook, Instagram, Whatsapp e Twitter.

Não há uma pesquisa confiável que mostre quantos por cento dos caminhoneiros usam celulares smartphones com acesso remoto à internet, mas pelo sucesso da mobilização, em todo o Brasil, ao articular a greve da categoria, é possível pressupor que uma grande maioria é usuária habitual desta tecnologia. Outro comprovante desta nova realidade é um aplicativo que, embora incipiente, promete revolucionar a antiga e muitas vezes conturbada relação embarcador, frotista e caminhoneiro e transformá-la em algo muito mais eficiente e rentável a todos.

Temos relatos que em alguns casos, o uso do TruckPad garantiu um acréscimo de 50% no faturamento do caminhoneiro

Criado em 2011 pelo empresário Carlos Mira, que ficou muito conhecido do setor quando conduzia a bem sucedida Mira Transportes, o aplicativo TruckPad é uma espécie de Uber dos transportes. E a prova que o negócio é bom e funciona bem está nos números: mais de 300 mil downloads de caminhoneiros que já fazem uso do sistema e perto de quatro mil empresas e embarcadores que buscam caminhoneiros para levar suas mercadorias para todo o País. Diferente do Uber, que não agradou os taxistas que o encaram como um concorrente desleal, o TruckPad, ao contrário, vem ganhando a simpatia e confiança dos caminhoneiros ao oferecer uma maneira ágil e eficiente para se obter fretes interessantes diretamente com os embarcadores, sem atravessadores.

O aplicativo foi um dos quatro selecionados do concorrido projeto “Abril Plug and Play” de 2013 que oferece um prêmio em dinheiro e seleciona startups brasileiras para serem aceleradas na meca das grandes ideias digitais, o Vale do Silício, na Califórnia. No mesmo ano o TruckPad ganhou o cobiçado prêmio do Google Startup Weekend como a melhor do Brasil e, no ano passado o aplicativo criado pelo Mira foi consagrada como a melhor startup do mundo exatamente no Vale do Silício.

O Truckpad atua em duas formas, uma é para os caminhoneiros e a outra para os geradores de cargas

Os melhores louros desta distinção são óbvios: grandes investidores estão de olho neste negócio e oportunidades do aplicativo fazer sucesso também fora das fronteiras brasileiras deixaram de ser sonho para se tornar realidade. “Em breve estaremos desembarcando em outros países. Posso assegurar que o México será o primeiro país fora do Brasil onde vamos atuar”, diz Mira sem esconder o orgulho.

Há ainda muitas melhorias a serem implantadas no aplicativo que já está em operação com um status que lhe garante aval de qualidade. O empresário, que já conta com uma fabulosa base de 300 mil caminhoneiros, espera mais do que dobrar este número até o final deste ano. “Vamos chegar a um milhão de usuários no Brasil, com toda certeza, pois o aplicativo é muito eficiente e reduz significativamente o tempo que o caminhoneiro leva para procurar uma carga. Quantificando isso, podemos dizer que a redução de tempo é desta ordem: antes do TruckPad o tempo para se conseguir uma nova carga chegava a 15 dias, com o aplicativo este tempo caiu para apenas um dia”.

Para Mira outra grande vantagem para o caminhoneiro é que, com maior rapidez na obtenção da carga, há um aumento do faturamento de até 30% com o uso do aplicativo. “Temos relatos que, em alguns casos, o uso do TruckPad garantiu um acréscimo de 50% no faturamento do caminhoneiro”,acrescenta.

O sistema TruckPad tem duas frentes de atuação: uma para os caminhoneiros, que recebem as ofertas de carga por meio do aplicativo no smartphone, via IOs, Android ou Windows Phone. Do lado há os geradores de cargas, que podem ser as transportadoras ou indústria embarcadora, o sistema funciona online por meio do site, via web, acessando o site truckpad.com.br. Lá o gestor entra com login e senha e cadastra as ofertas de cargas para os caminhoneiros. “Estamos investindo pesado em Business Inteligence, mídia e divulgação para chegarmos rapidamente à nossa meta de um milhão de usuários”, destaca Mira.

Com dimensões continentais e grande parte da produção industrial e agrícola concentrada alguns grandes polos, o Brasil, de acordo com Mira, “há décadas sofre com um fluxo improdutivo para veículos de cargas comerciais”. Segundo estudos feitos pelo empresário, 40% dos veículos trafegam vazios (ou com enorme ociosidade) pelas estradas brasileiras.

“Queremos reduzir este desperdício. Com a utilização de nosso aplicativo é comprovado que há um significativo aumento da produtividade dos caminhoneiros autônomos”, finaliza.

 
LEIA TAMBÉM