Bons negócios

 

Milésimo chassi adquirido

O Grupo Protege concluiu nesse primeiro quadrimestre a aquisição de 120 veículos Volkswagen para o transporte de valores e cargas especiais. Entre as unidades, a empresa investiu num modelo inédito de cavalomecânico VW para o segmento de transporte de cargas. O lote também é composto por caminhões rígidos e chassis especiais para carros-fortes. Com os investimentos realizados em 2017, a Protege atingiu a marca de 1 mil chassis Volkswagen para sua frota de blindados.

94 ônibus para o Chile

A Mercedes-Benz exportou 94 unidades do chassi de ônibus O 500 U para o Chile. O equipamento será utilizado no Sistema Transantiago. Do total de unidades comercializadas, 68 novos ônibus desse modelo já estão em circulação. Além desse volume, outras 26 unidades entrarão em operação ainda este ano no principal sistema de transporte por ônibus da capital chilena, que alimenta modais de grande demanda, como o metrô e trem da cidade. Os veículos foram adquiridos pelas operadoras Buses Vule, Metbus e STP Santiago.

 

Sorriso de Minas com 66 novos ônibus

A Viação Sorriso de Minas, importante operador de transporte urbano brasileiro, adquiriu 66 ônibus Marcopolo. O negócio faz parte do programa de renovação de frota da empresa e envolve três unidades do modelo Torino Express Articulado, 53 do Torino convencional e 10 do ônibus Senior. Pertencente ao Grupo Gulin, do Paraná, a Viação Sorriso de Minas optou por três diferentes modelos de ônibus Marcopolo e duas marcas de chassis (Mercedes-Benz e Volvo). Todos os veículos possuem itinerários eletrônicos e elevadores para acesso de pessoas com mobilidade reduzida.

34 miniônibus Volare

Em breve os estudantes mineiros irão para a escola de ônibus novos. A Volare entregará 34 novas unidades do modelo V8L Escolarbus para a Cooperativa Unicoop, de Belo Horizonte (MG). Os miniônibus serão utilizados para o transporte de estudantes com deficiência física na rede pública da capital mineira. Equipado com motor Cummins ISF 3.8 Euro V, com 152 cv de potência, o Escolarbus conta com poltronas escolares, assoalho de alumínio, porta ampliada para facilitar o acesso de cadeirantes, janelas com vidro superior móvel e dois renovadores de ar no teto.

Sete chassis 170S28

Já estão rodando em Jaú, no interior de São Paulo, sete unidades do chassi 170S28 da IVECO BUS, marca da CNH Industrial. Os veículos foram adquiridos pela Viação Jauense, que atua no segmento de fretamento. O modelo de 17 toneladas é fabricado no Complexo Industrial da Iveco, em Sete Lagoas (MG), e utiliza o motor N67, da FPT Industrial, com seis cilindros em linha, capaz de gerar potência máxima de 280 cv.

22 caminhões MAN

Um lote de 22 caminhões TGX foi entregue em maio para a Itaobi Transportes, que carrega matérias-primas para produção de fertilizantes. Os modelos novos foram adquiridos para fazer a rota de Uberaba (MG) a Cubatão (SP), com rodagem média mensal de 7,5 mil quilômetros, engatados em carreta basculante de 40 m³. Os veículos contam ainda com contratos de manutenção.

Seis Volksbus

Os passageiros de ônibus de parte da zona Leste da capital paulista passaram a contar desde fevereiro, com seis ônibus novos. Os veículos circulam por linhas operadas pela Qualibus, empresa do setor de transporte de passageiros, que realizou a compra. São modelos Volksbus 17.260 OD que foram comercializados pela Apta Caminhões e Ônibus, concessionária da rede MAN/Volkswagen de São Bernardo do Campo (SP).

Cinco novos Marcopolo para passear pelo Rio

A Doce Rio Fretamentos e Turismo, operadora do Rio de Janeiro, adquiriu cinco ônibus Marcopolo Paradiso 1050. Ideal para o transporte em viagens de médias e grandes distâncias, o Paradiso 1050 tem capacidade para transportar 46 passageiros em poltronas do tipo Executiva, e é equipado com chassi Scania 4x2.

10.000 km rodados... com eletricidade

O ônibus 100% elétrico do Centro de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar da Universidade Federal de Santa Catarina, com sistema de tração desenvolvido pela Eletra superou, em abril, a marca de 10 mil quilômetros ao longo de dois meses de testes no trajeto entre o campus da universidade e o Sapiens Parque.

O veículo realiza diariamente cinco viagens, sendo alimentado 100% com eletricidade solar gerada nas estruturas do laboratório Fotovoltaica UFSC. O ônibus, único no Brasil, tem motor elétrico WEG Trifásico 250 L com 200/400 kW de potência e autonomia de até 200 quilômetros, com quatro recargas de seis minutos.

 
LEIA TAMBÉM